Coronavírus, arma biológica???

 

Alguns países, incluindo o Brasil e os Estados Unidos publicaram notas sugerindo que o novo coronavírus seria uma arma biológica, criada num laboratório na China, em Wuhan.

Vejam alguns fatos:

  • Wuhan realmente possui um laboratório de nível de biossegurança quatro; Existem 4 nos EUA e, outros 7 em construção;
  • O caso inicial nos EUA foi comunitário, como também na Itália;
  • A epidemia estava avançando em Janeiro e tais países não tomaram precauções rígidas para contenção dos casos;
  • Os cientistas nos dizem que o novo coronavírus não escapou de um frasco: as sequências de RNA se assemelham às dos vírus que circulam silenciosamente nos morcegos, e as informações epidemiológicas implicam que um vírus de origem do morcego infecte espécies animais não identificadas vendidas em mercados de animais vivos da China.
  • Uma recente pesquisa publicada na Nature Medicine também corrobora o desenvolvimento do novo coronavírus na natureza, analisando sua estrutura molecular, indicando uma evolução natural do patógeno.

Estas imagens significam o fluxo entre os continentes (malha aérea). É fácil observar que existe um grande número de vôos entre Europa, EUA e Ásia. Isto poderia explicar a maior disseminação da doença para o hemisfério norte. Ao analisar a outra imagem, sobre a receita com o turismo, países como Itália, França, Espanha e EUA recebem milhares de turistas. Talvez o interesse econômico tenha sobrepujado as possíveis consequências deste vírus.

É mais fácil culpar o outro do que assumir os seus próprios erros.

Publicado por Dr. Ricardo Santos de Oliveira

Professor Livre Docente Departamento de Cirurgia e Anatomia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (1994), Doutorado em Medicina (Clínica Cirúrgica) pela Universidade de São Paulo (2001), Pós-doutorado no Hôpital Necker-Enfants Malades (Université Rene Descartes) 2001-2002, Pós-Doutorado FMRP-USP 2003-2004 (glicobiologia dos tumores cerebrais). Orientador pleno programa de pós graduação do Departamento de Cirurgia e Anatomia - FMRP-USP Atualmente é médico assistente da Divisão de Neurocirurgia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo e docente credenciado do Depto. Cirurgia e Anatomia (Pós-graduação). Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Neurocirurgia Pediátrica e Neuroncologia atuando principalmente nos seguintes linhas de pesquisa: Neoplasia cerebrais sólidas da infância, glicobiologia de tumores cerebrais pediátricos, trauma e neuroncologia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: