O que são tumores (neoplasias)? 

Anúncios

Tumor é um aumento do volume de uma região causado pelo aumento do número de células, podendo ser de vários tipos e em diversos locais do organismo e podendo ainda ser classificado como benigno ou maligno de acordo com suas características. Vale lembrar que tumor não é sinônimo de câncer! Câncer é um nome reservado para os tumores malignos. 

Tumores intracranianos pediátricos 

São aqueles tumores (benignos ou malignos) que se desenvolvem dentro do crânio da criança, são os mais comuns tumores sólidos na infância 

Quais são os sinais e sintomas? 

As crianças podem apresentar dores de cabeça persistentes, vômitos, alteração da visão, dificuldade para andar, crises convulsivas, perda de força, irritabilidade, perda de apetite e dificuldade para engolir e perdas de marcos do desenvolvimento. Vale salientar que os sinais e sintomas dependem também da localização e tamanho do tumor, além da idade da criança. 

Qual o tratamento?

O tratamento depende também de diversos fatores, como a idade da criança, estado de saúde, tipo, tamanho, grau e localização do tumor, entre outros. O tratamento pode ser feito por cirurgia (retirando todo ou parte do tumor) associada ou não a radioterapia e quimioterapia. 

Publicado por Dr. Ricardo Santos de Oliveira

Professor Livre Docente Departamento de Cirurgia e Anatomia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (1994), Doutorado em Medicina (Clínica Cirúrgica) pela Universidade de São Paulo (2001), Pós-doutorado no Hôpital Necker-Enfants Malades (Université Rene Descartes) 2001-2002, Pós-Doutorado FMRP-USP 2003-2004 (glicobiologia dos tumores cerebrais). Orientador pleno programa de pós graduação do Departamento de Cirurgia e Anatomia - FMRP-USP Atualmente é médico assistente da Divisão de Neurocirurgia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo e docente credenciado do Depto. Cirurgia e Anatomia (Pós-graduação). Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Neurocirurgia Pediátrica e Neuroncologia atuando principalmente nos seguintes linhas de pesquisa: Neoplasia cerebrais sólidas da infância, glicobiologia de tumores cerebrais pediátricos, trauma e neuroncologia.

Deixe uma resposta Cancelar resposta